Natural como a vida

Desde que comecei o Voadores meu objetivo sempre foi tratar este assunto com um ponto de vista sem preconceitos ou dogmas, me centrando no que considero mais importante: as pessoas. Alguns me disseram que desta forma o que eu pretendia era me sentir normal por normalizar a experiência. Não descarto que seja assim. Mas seja isso certo ou não, acredito que é importante que as pessoas saibam que não estamos falando de um fenômeno estranho ou alheio, algo que só acontece com algumas poucas pessoas. Uma das coisas que aprendi desde que comecei a estudar o assunto é que a possibilidade de ter uma experiência fora do corpo é algo que está ao alcance de todos. Se você é uma pessoa, tem um corpo e uma consciência, pode chegar a experimentar este estado.

(Ative a legenda em português pelo botão CC Closed Caption caso não apareça automaticamente!)

É exatamente sobre isso que Pau Hernández fala para a gente neste pedacinho de entrevista que publicamos esta semana. Sendo assim, a boa notícia é que qualquer pessoa pode voar. Porém, se não é algo que aconteça espontaneamente com você, terá que trabalhar um pouquinho para chegar lá.

Pode ser que não seja possível ensinar a voar; mas o que sim é possível é propiciar as condições para que isso aconteça. Por isso as ‘técnicas’ que se costumam ensinar para provocar uma experiência fora do cuerpo muitas vezes vão dirigidas a trabalhar seu foco de atenção, sua sensibilidade energética, sua capacidade para reduzir a diferença entre seu eu no mundo físico e seu eu em outros planos mais sutis… se estes aspectos forem trabalhados, como diz Pau, a experiência fora do cuerpo acabará acontecendo de forma natural, como simples consequência.

A verdade é que a melhor forma de saber se essa tal possibilidade de voar existe é experimentando. Você pode acreditar ou não nos voadores, afinal são experiências subjetivas… mas também pode tratar de viver suas próprias experiências para tirar suas conclusões. Neste documentário nós não contamos como voar, mas acreditamos, sim, que é possível.

Somos todos voadores, então? O que você acha?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s